Argentina, Buenos Aires, Bariloche, Ushuaia, Córdova, Salta, Mendoza

 


Como e quando dar gorjetas na Argentina


Entenda como dar gorjetas do jeito certo na Argentina. No Brasil, oferecer gorjeta é opcional. Muitos restaurantes incluem o serviço na conta e aceitam independentemente da forma do pagamento. O cliente pode escolher se pagará os 10% a mais ou não. Com a crise econômica, ceder uns trocados está difícil, mas muitos países latino-americanos obrigam o cliente a pagar uns pesos a mais. Confira quanto separar para dar aos funcionários de restaurantes, hotéis e taxistas para não ser pego de surpresa quando viajar para a Argentina.

Gorjetas na Argentina

Gorjetas em bares e restaurante na Argentina

Os restaurantes são um tanto quanto peculiares quanto as gorjetas por não incluir o serviço
na conta, ou seja, os 10% da sua conta deve ser pago para o garçom diretamente. Além disso, eles exigem dinheiro físico. As gorjetas que lá se chamam propinas variam entre 10 a 20% da sua conta. O valor a ser contribuído entre essa faixa de porcentagem é escolha do cliente.

Gorjetas na Argentina

Gorjetas nos hotéis e estacionamentos

Tanto para os carregadores de mala, quanto para os manobristas, o valor dado é o mesmo: de 2 a 5 pesos variando de acordo com a hospitalidade e elegância do hotel. Para as camareiras, o preço varia entre 10 e 20 pesos. É sempre bom ter dinheiro trocado para as gorjetas, então veja bem como levar dinheiro para a Argentina, para não ter que se preocupar com isso. 

Gorjeta nos táxis argentinos

Os taxistas não pedem gorjetas, mas é de "boa fé" deixar 10% ou o arredondar o valor para cima. De qualquer forma, é importante lembrar que a bandeira e o acréscimo por minuto ou 200 metros na Argentina são diferentes no período da manhã e no período da tarde.

Mais informações sobre as gorjetas: 

Em uma viagem para a Argentina, você gastaria 10 pesos com o carregador de malas: na retirada de suas malas do carro quando chegar no hotel e na sua saída para o aeroporto de volta para casa. Considere levar dinheiro físico para restaurantes e bares que frequentará durante o dia, já que os garçons não gostam de que os paguem em cartão. Tenha muitas notas pequenas consigo, pois a falsificação de notas grandes faz os trabalhadores duvidarem da origem da sua nota.

Como economizar muito na viagem à Argentina

Se você vai viajar para a Argentina, não deixe de ver as nossas dicas incríveis de como economizar muito na viagem à Argentina para economizar um bom dinheiro na sua viagem e poder fazer ainda mais passeios e aproveitar ao máximo suas férias. São dicas incríveis e comparadores de preços excelentes para economizar em tudo na viagem.

Veja outras matérias imperdíveis da Argentina:
Aluguel de carro na Argentina: Tudo o que você precisa saber e como economizar muito.
Seguro viagem para a Argentina: Dicas para fazer um bom seguro pelo melhor preço.
Cidades turísticas da Argentina: As cidades argentinas mais famosas e visitadas.
Como achar hotéis muito baratos na Argentina: Incrível pesquisador e dicas excelentes.

Postar um comentário

 
Top