Argentina, Buenos Aires, Bariloche, Ushuaia, Córdova, Salta, Mendoza

 



Confira um roteiro de 5 dias em Bariloche 



Veja o roteiro de 5 dias em Bariloche, na Argentina. Se tiver cinco dias para conhecer a cidade, é preciso ser objetivo e ir aos lugares mais importantes. Nessa matéria vamos mostrar um roteiro com as principais atrações que você precisa conhecer nas 120 horas em que estará em Bariloche.

Roteiro de 5 dias em Bariloche

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito em Bariloche e na Argentina. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à Argentina vai sair mais barata do que imaginava e você poderá aproveitar ainda mais sua viagem. Agora veja tudo sobre o roteiro de 5 dias em Bariloche.

Dia 1 em Bariloche

Comece seu roteiro de um dia em Bariloche passeando pelo charmoso Centro Cívico. Esse é o coração da cidade e lá você vai encontrar diversos pontos turísticos, como Museu de la Patagônia, a Catedral de Bariloche e o Monumento Histórico Nacional, por exemplo. Além disso, ali está a Rua Mitre, que é um dos principais pontos para fazer compras em Bariloche. Nela existem diversas lojas, inclusive para comprar os maravilhosos chocolates feitos na região, e a famosa Galeria del Sol. Aproveite também para comer em algum dos maravilhosos cafés ou restaurantes que ficam nessa área.

Dia 1 em Bariloche

Depois do almoço faça o Circuito Chico, que é a melhor forma de ter um panorama geral da região de Bariloche. Nele você vai passar pelo Cerro Campanário, pelas margens do lago Nahuel Huapi, pela Capela de San Eduardo, pelo Puerto Pañuelo, onde existem duas opções de passeios diferentes de barco, e por fim o Circuito Chico acaba no famoso Hotel Llao Llao. Todo esse percurso tem um pouco mais de 60 km e pode ser feito com seu próprio carro alugado ou então com as agências de turismo da cidade. De noite, ao voltar para Bariloche, nossa recomendação é jantar no Restaurante Família Weiss, que é especializado em culinária da Patagônia, e então ir conhecer o Ice Bar, que é um bar todo feito de gelo.

Dia 1 em Bariloche

Dia 2 em Bariloche

Separe seu segundo dia do roteiro em Bariloche para conhecer o Cerro Catedral, que é a pista de esqui mais antiga e famosa da Argentina. Ele está a 20 km de distância do centro da cidade e pode ser acessado por transporte púbico ou de carro. Chegando lá você vai poder brincar com a neve, esquiar ou fazer snowboard (caso não saiba, isso não é um problema, pois existem professores para te ensinar), deslizar nas montanhas em uma boia, andar de teleférico e caminhar com aquelas raquetes de neve. Como a estrutura da estação é muito boa, lá também é possível almoçar em algum dos vários restaurantes e alugar todo o equipamento necessário para passar o dia.


Dia 2 em Bariloche

Caso você viaje para Bariloche na época do calor e por isso não tenha neve no Cerro Catedral, ainda assim é legal visitá-lo, pois ali você pode fazer trilhas, escaladas, rappel, andar no próprio teleférico, de mountain bike e, claro, apreciar lindas vistas do lago Nahuel Huapi, da Cordilheira dos Andes e de toda a região de Bariloche. No caminho de volta para a cidade, aproveite para jantar no restaurante Chez Philippe, que é bem intimista, pois tem somente seis mesas, e serve maravilhosos fondues.

Dia 2 em Bariloche


Dia 3 em Bariloche

No seu terceiro dia em Bariloche escolha conhecer o Cerro Otto ou o Piedras Blancas, que ficam praticamente um do lado do outro. No Cerro Otto há um teleférico, trilhas, um museu com réplicas de estátuas de famosos artistas europeus, pistas para fazer esquibunda e também está lá a famosa a Confeitaria Giratória, que fica bem no topo da montanha e que completa um volta de 360 graus a cada 20 minutos. Assim, quem está lá dentro pode curtir a paisagem de todos os lados de Bariloche. Apesar de existirem mais restaurantes e lanchonetes no Cerro Otto, nós recomendamos que você visite a Confeitaria, pois ela é única na América do Sul.

Dia 3 em Bariloche

Já o Piedras Blancas é uma espécie de parque de inverno. Lá existem diversos teleféricos, pistas para esquibunda, tirolesa, aulas de esqui para iniciantes e passeios pela montanha. Depois que voltar para a cidade, recomendamos fazer o passeio nórdico. Nele você vai pilotar um quadriciclo de neve pelos bosques do Cerro Otto e é oferecido um jantar no restaurante Refúgio Arelauquen.

Dia 3 em Bariloche


Dia 4 em Bariloche

No quarto dia em Bariloche recomendamos fazer um passeio de barco pelos lagos da região. Os mais populares acontecem no lago Nahuel Huapi, por isso, se for ficar 4 ou mais dias na cidade, recomendamos pular essa parte do Circuito Chico. A primeira boa opção é pegar uma embarcação que atravessa o lago até o Bosque de Arrayanes, um local que inspirou Walt Disney na hora de desenhar a floresta do filme Bambi, e a Ilha Victoria, que é a maior do Nahuel Huapi.

Dia 4 em Bariloche

Outra ótima alternativa é pegar um barco até a Villa La Angostura, que fica a praticamente 80 km de Bariloche no lado norte do lago. Está pequena cidade é bastante simpática e lá estão o Cerro Belvedere e Cerro Bayo, que é um dos melhores lugares para esquiar na Argentina. De noite, ao voltar para Bariloche, você pode curtir uma das baladas ou bares da cidade.

Dia 4 em Bariloche


Dia 5 em Bariloche

No seu quinto dia em Bariloche recomendamos ir ao Cerro Otto caso tenha visitado o Piedras Blancas no terceiro dia ou vice-versa. Mais tarde, quando voltar para a cidade, aproveite para conhecer o Cassino de Bariloche. Ali, além de poder apostar algumas fichas, também é possível jantar e assistir algumas apresentações musicais e de tango.

Dia 5 em Bariloche

Se estiver viajando para no calor, você pode separar esse dia para conhecer algumas das praias da cidade. Bariloche não fica perto do mar, mas seus lagos contam com praias muito boas e que têm águas rasas e bem tranquilas. Nelas, além de nadar e tomar sol, você também pode fazer alguns esportes aquáticos, como andar de caiaque, por exemplo. Entre as melhores praias da região estão a Playa Bonita, a Bahía Serena e a Centenário.

Dia 5 em Bariloche

Use seu celular à vontade em Bariloche e na Argentina

Poder usar seu celular em Bariloche, na Argentina e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem à Argentina nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Argentina. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro em Buenos Aires, Bariloche, Córdoba, Mendonza e qualquer outro lugar da Argentina e do mundo inteiro, caso vá para outros países na mesma viagem. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre o roteiro de 5 dias em Bariloche quando estiver lá.

Usar o celular em Bariloche e Argentina

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Bariloche

Agora que você já viu tudo sobre o roteiro de 5 dias em Bariloche, uma dica legal e que faz a diferença na viagem à Bariloche é escolher bem a localização do seu hotel e se hospedar perto das melhores atrações turísticas e pistas de esqui. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Bariloche, que lá tem as dicas das melhores regiões para se hospedar e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente (e achar hotéis excelentes em promoção nessas regiões que são super disputadas). Vale a pena caprichar na reserva do hotel em Bariloche.

Bariloche

Uma dica legal para quem vai para a Argentina conhecer outras cidades além de Bariloche, é que como os pontos turísticos, cidades, parques naturais, desertos, outlets e todas as atrações ficam bem afastadas, alugar um carro é uma ótima opção. Sem falar que com um carro você pode conhecer outras cidades da Argentina que são próximas, explorar suas estradas que são lindas e as paisagens e lugares naturais pelo caminho que são incríveis. Se quiser, saiba tudo sobre o assunto aqui na matéria de Aluguel de carro na Argentina com dicas incríveis e como conseguir um preço incrível utilizando comparadores de preços excelentes.

Não se esqueça do Seguro Viagem para a Argentina

Uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando viajar para fora do Brasil é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional. Ele é importantíssimo e ninguém deve viajar sem um para evitar problemas no exterior. O que muitas pessoas não sabem é que ele é super barato. Veja nossa matéria de Seguro Viagem Internacional para Argentina com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.


Veja outras matérias legais de Bariloche:

O que fazer em Bariloche: Dicas do que fazer e conhecer na cidade. 
Pontos turísticos em Bariloche: Principais lugares turísticos para visitar.
Onde esquiar em Bariloche: Dicas das melhores estações e pistas para esquiar.

Postar um comentário

 
Top