Argentina, Buenos Aires, Bariloche, Ushuaia, Córdova, Salta, Mendoza

 


O museu que conta a história da Argentina Patagônica


Conheça o Museu da Patagônia, em Bariloche. Considerado um dos melhores museus em Bariloche, o Museu da Patagônia fica no famoso Centro Cívico da cidade. Esse museu é considerado um Monumento Histórico Nacional desde 1987 e conta a história da região da Patagônia, que é onde está a cidade. Confira abaixo mais informações sobre esse museu, um lugar que não pode faltar na sua lista de o que fazer em Bariloche.

Museu da Patagônia em Bariloche

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito em Bariloche e na Argentina. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à Argentina vai sair mais barata do que imaginava e você poderá aproveitar ainda mais sua viagem. Agora veja tudo sobre o Museu da Patagônia.

História do Museu da Patagônia

O Museo de la Patagônia Francisco P. Moreno foi inaugurado em março de 1940 junto com todo o conjunto de prédios que forma o Centro Cívico de Bariloche, no começo da Rua Mitre. Desde então, o museu recebe mais de 300 mil visitantes por ano. O nome Francisco P. Moreno foi dado em homenagem ao explorador e acadêmico Francisco Moreno, também conhecido como Perito Moreno. A maior parte da coleção do museu foi adquirida pela Direção de Parques Nacionais, que a comprou de Enrique Artayeta, o primeiro diretor do local.

História do Museu da Patagônia

Visita ao Museu da Patagônia

O Museu da Patagônia conta com 11 salas de exposições permanentes e temporárias. Nas permanentes estão a de História Natural, a da Pré-História, a dos Povos Originais, o Pavilhão Moreno, a Sala de História Regional, a da Conquista do Deserto, a do Destino do Deserto, a dos Viajantes e Exploradores, a de San Carlos de Bariloche (1885 - 1950), e a dos Parques Nacionais. Em todas elas você vai encontrar uma grande coleção de fósseis, fotografias, gravuras, antiguidades, pinturas, armas, mapas, documentos e outros objetos que ajudam a contar a história da Patagônia Argentina. O museu tem entrada grátis e abre de sábado das 10:00 às 17:00, e de terça a sexta das 10:00 às 12:30 e das 14:00 às 19:00.

Visita ao Museu da Patagônia

Use seu celular à vontade em Bariloche e na Argentina

Poder usar seu celular em Bariloche, na Argentina e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem à Argentina nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Argentina. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro em Buenos Aires, Bariloche, Córdoba, Mendonza e qualquer outro lugar da Argentina e do mundo inteiro, caso vá para outros países na mesma viagem. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre o Museu da Patagônia quando estiver lá.

Usar o celular em Bariloche e Argentina

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Bariloche

Agora que você já viu tudo sobre o Museu da Patagônia, uma dica legal e que faz a diferença na viagem à Bariloche é escolher bem a localização do seu hotel e se hospedar perto das melhores atrações turísticas e pistas de esqui. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Bariloche, que lá tem as dicas das melhores regiões para se hospedar e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente (e achar hotéis excelentes em promoção nessas regiões que são super disputadas). Vale a pena caprichar na reserva do hotel em Bariloche.

Bariloche

Uma dica legal para quem vai para a Argentina conhecer outras cidades além de Bariloche, é que como os pontos turísticos, cidades, parques naturais, desertos, outlets e todas as atrações ficam bem afastadas, alugar um carro é uma ótima opção. Sem falar que com um carro você pode conhecer outras cidades da Argentina que são próximas, explorar suas estradas que são lindas e as paisagens e lugares naturais pelo caminho que são incríveis. Se quiser, saiba tudo sobre o assunto aqui na matéria de Aluguel de carro na Argentina com dicas incríveis e como conseguir um preço incrível utilizando comparadores de preços excelentes.

Não se esqueça do Seguro Viagem para a Argentina

Uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando viajar para fora do Brasil é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional. Ele é importantíssimo e ninguém deve viajar sem um para evitar problemas no exterior. O que muitas pessoas não sabem é que ele é super barato. Veja nossa matéria de Seguro Viagem Internacional para Argentina com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Veja outras matérias legais de Bariloche:

O que fazer em Bariloche: Dicas do que fazer e conhecer na cidade. 
Pontos turísticos em Bariloche: Principais lugares turísticos para visitar.
Onde esquiar em Bariloche: Dicas das melhores estações e pistas para esquiar.

Postar um comentário

 
Top