Argentina, Buenos Aires, Bariloche, Ushuaia, Córdova, Salta, Mendoza

 


A história do chocolate em Bariloche


Saiba tudo sobre o Museu do Chocolate, em Bariloche. O Museu do Chocolate de Bariloche pertence à famosa marca argentina de alfajores Havanna. Considerado um dos melhores museus da cidade, ele fica dentro da fábrica da marca, na Avenida Ezequiel Bustillo, por isso, além de poder aprender mais sobre a história do chocolate, lá também dá para comprar ótimos doces. Confira abaixo mais informações sobre o Museu do Chocolate.

Museu do Chocolate em Bariloche

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito em Bariloche e na Argentina. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à Argentina vai sair mais barata do que imaginava e você poderá aproveitar ainda mais sua viagem. Agora veja tudo sobre o Museu do Chocolate.

História do Museu do Chocolate

Quem inicialmente fundou a primeira loja de chocolate (ainda nos anos 40) e, posteriormente, o museu em Bariloche foi o italiano Aldo Fenoglio. Ele e sua família criaram várias das principais lojas de chocolate da cidade, como a Del Turista, a Rapa Nui e a Tronador. Nos anos 70, a empresa de Fenoglio (que morreu uma década antes) acabou sendo adquirida pela Havanna. A marca se instalou na antiga propriedade do italiano e lá montou uma fábrica, onde hoje também está o Museu do Chocolate.

História do Museu do Chocolate

Visita ao Museu do Chocolate

O museu tem seis salas que contam a história do chocolate de forma bem didática. Nelas você vai ver painéis, fotos, objetos ligados ao doce e esculturas feitas de chocolate maciço. Além disso, sempre há uma guia te acompanhando para explicar tudo desde como o chocolate surgiu com os astecas, até sua forma de fabricação hoje em dia. Em determinado momento do passeio, também dá para ver um pouco da fábrica da própria Havanna. No final, eles deixam você provar alguns chocolates e o seu ingresso dá desconto na loja da marca. Essas visitas guiadas são feitas a cada 20 minutos e duram cerca de meia hora. O Museu do Chocolate abre de segunda a sextas das 10:00 às 19:30.

Estrutura do Museu do Chocolate em Bariloche

Use seu celular à vontade em Bariloche e na Argentina

Poder usar seu celular em Bariloche, na Argentina e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem à Argentina nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Argentina. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro em Buenos Aires, Bariloche, Córdoba, Mendonza e qualquer outro lugar da Argentina e do mundo inteiro, caso vá para outros países na mesma viagem. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre o Museu do Chocolate quando estiver lá.

Usar o celular em Bariloche e Argentina

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Bariloche

Agora que você já viu tudo sobre o Museu do Chocolate, uma dica legal e que faz a diferença na viagem à Bariloche é escolher bem a localização do seu hotel e se hospedar perto das melhores atrações turísticas e pistas de esqui. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Bariloche, que lá tem as dicas das melhores regiões para se hospedar e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente (e achar hotéis excelentes em promoção nessas regiões que são super disputadas). Vale a pena caprichar na reserva do hotel em Bariloche.

Bariloche

Uma dica legal para quem vai para a Argentina conhecer outras cidades além de Bariloche, é que como os pontos turísticos, cidades, parques naturais, desertos, outlets e todas as atrações ficam bem afastadas, alugar um carro é uma ótima opção. Sem falar que com um carro você pode conhecer outras cidades da Argentina que são próximas, explorar suas estradas que são lindas e as paisagens e lugares naturais pelo caminho que são incríveis. Se quiser, saiba tudo sobre o assunto aqui na matéria de Aluguel de carro na Argentina com dicas incríveis e como conseguir um preço incrível utilizando comparadores de preços excelentes.

Não se esqueça do Seguro Viagem para a Argentina

Uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando viajar para fora do Brasil é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional. Ele é importantíssimo e ninguém deve viajar sem um para evitar problemas no exterior. O que muitas pessoas não sabem é que ele é super barato. Veja nossa matéria de Seguro Viagem Internacional para Argentina com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Veja outras matérias legais de Bariloche:

O que fazer em Bariloche: Dicas do que fazer e conhecer na cidade. 
Pontos turísticos em Bariloche: Principais lugares turísticos para visitar.
Onde esquiar em Bariloche: Dicas das melhores estações e pistas para esquiar.

Postar um comentário

 
Top