Argentina, Buenos Aires, Bariloche, Ushuaia, Córdova, Salta, Mendoza

 


O que fazer em 3 dias em Salta


Confira um roteiro de 3 dias em Salta, uma linda cidade no noroeste da Argentina. Ela está situada perto da Cordilheira dos Andes, no chamado Vale de Lerma, estando cercada por florestas e montanhas verdes. Além disso, ela também é famosa pela sua história, desde o Império Inca que habitou a região até o período colonial, já que a cidade foi fundada em 1582. Existem diversas coisas para se fazer na cidade, mas já que você vai ficar apenas 2 dias por lá, você deve conhecer os principais pontos turísticos. Confira abaixo um roteiro de 3 dias em Salta para aproveitar ao máximo a sua viagem.

Roteiro de 3 dias em Salta, na Argentina

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito na viagem à Argentina. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à Argentina vai sair mais barata do que imaginava e você poderá aproveitar ainda mais sua viagem. Agora veja tudo sobre roteiro de 3 dias em Salta.

Dia 1 em Salta

Comece a sua viagem no coração da cidade: a Praça 9 de Julho, uma das marcas registradas dessa cidade argentina. Ela é uma agradável praça para passear e tirar fotos. Ao seu redor estão localizados o Cabildo e a Catedral de Salta, dois pontos turísticos importantes que vale a pena conhecer. O Cabildo foi a sede do poder municipal durante o período de colonização e é um local reconhecido pela sua belíssima arquitetura. A Catedral de Salta é uma igreja construída no século 19 e que guarda as cinzas do General San Martín Miguel de Guemes, um dos heróis da independência do país. Por isso, é uma das mais importantes (e belas) igrejas da América Latina.

Praça 9 de Julho em Salta, Argentina

Em seguida, visite o Museo de Arqueologia Alta Montaña, também localizado na Praça 9 de Julho. Ele pois possui uma grande importância cultural para a cidade, além de sua visita ser muito interessante. O Museo de Arqueologia Alta Montaña guarda diversos tesouros da civilização Inca, como as famosas múmias de crianças incas sacrificadas à milhares de anos atrás. Para entrar no museu é necessário pagar uma entrada de $80 pesos argentinos.

Mapa da região central de Salta, Argentina

Na hora do almoço, recomendamos que você vá até o Restaurante La Criollita, próximo à praça 9 de Julho. O local é especializado em empanadas, que são avaliadas por muitos como as melhores da cidade. Elas possuem uma massa crocante e diversos tipos de recheio para escolher. Você pode acompanhar a sua empanada com uma cerveja local. O endereço dele é Calle Zuviría, 306.

Empanadas do Restaurante La Criollita em Salta

Três quarteirões da Praça 9 de Julho, encontra-se o Parque San Martín. Ele possui uma grande área verde, bancos para relaxar, um lago com animais e pedalinhos. Além disso, aos domingos acontece uma feira de artesanatos, onde é possível comprar ótimas lembrancinhas de Salta e artesanatos locais. Em frente a Praça San Martín existe um teleférico que leva até o Cerro San Bernardo, um morro que é o mais alto mirante da cidade, de onde é possível ter uma vista única de toda a região. Além disso, lá em cima existem monumentos, lanchonetes, jardins e lojas de lembrancinhas. É possível subir até o Cerro San Bernardo a pé ou de carro, mas a opção mais interessante é ir de teleférico. O passeio, contando a subida e a descida custa $110 pesos argentinos.

Teleférico no Cerro San Bernardo, em Salta

Apesar de ser pequena, Salta possui uma vida noturna agitada, por isso vale a pena sair a noite durante a sua viagem. Recomendamos que você conheça as peñas, bares onde acontecem apresentações de músicas típicas com cantores e bandas locais. Elas vão desde lugares mais calmos até mais animados. A maioria delas está localizada na Calle Balcarce, mas a mais famosa e tradicional, a La Casona del Molino, fica na Calle Luis Burela. Se você for comer lá, recomendamos que chegue mais tarde, principalmente para assistir aos shows. Lá você poderá comer cortes de carnes, que são feitos na churrasqueira, ou pedir as famosas empanadas, acompanhados de um bom vinho. Caso queira saber de mais lugares para ir a noite, leia a matéria sobre bares em Salta.

La Casona del Molino em Salta, Argentina

Dia 2 em Salta

O Tren a las Nubes, ou Trem das Nuvens, é um trem turístico que percorre cerca de 200 km por montanhas da Cordilheira dos Andes e atravessa paisagens espetaculares, desde morros verdes até desertos andinos. Ele com certeza deve entrar em seu roteiro de 3 dias em Salta. O trajeto do trem parte de Salta (1200 metros de altitude) e termina no Viaduto La Polvorilla (a 4.220 metros). Ele é um dos três trens mais altos do mundo, sendo que em alguns trechos é possível que os passageiros consigam ver nuvens abaixo do trem. O Tren a las Nubes percorre a velocidade de 35 km por hora, ideal para quem quer fotografar ou apreciar a paisagem. Durante o passeio você terá música ambiente no trem, comissários, filmes e um restaurante. Você pode escolher entre fazer todo o percurso de trem, que sai $1.590 pesos argentinos, mas você terá de ir até a cidade San Antonio de los Cobres por conta própria, ou fechar uma excursão saindo de Salta e pegar o ônibus em uma parte do passeio, este último custa $2.570 pesos argentinos. 

Trem das Nuvens em Salta, Argentina

Devido a Salta ser a maior cidade de sua província e a mais perto dos povos indígenas dos Andes, ela é um grande centro de exposição de artesanatos do país, por isso não deixe de levar para casa alguma lembrança original de Salta. Um dos principais lugares para comprar artesanatos é no Mercado de Artesanías, situado na Av. San Martín. Dentro deste casarão do século 18, artesãos comercializam produtos feitos em couro, metal e teares com fios de origem animal.

Loja do  Mercado de Artesanías em Salta

Neste dia, vá jantar no Restaurante El Charrua, um dos mais tradicionais de Salta. Ele é especializado em cortes de carne, principalmente a parrilla, que vem completa e serve duas pessoas. O prato traz o famoso lomo mas saiba que ele vem com as entrañas (rins, moelas; etc.). Existem também outros pratos deliciosos, como os ravioles de salmão, que são a segunda especialidade da casa. O endereço dele é Rua Caseros 221.

Restaurante El Charrua em Salta, Argentina

Dia 3 em Salta 

Em seu último dia em Salta, vale a pena contratar um tour (que sai aproximadamente $210 pesos argentinos) até o vilarejo de Cafayata, a 180 km de distância, com uma parada na  Reserva Natural Quebrada das Conchas. É possível fazer este trecho de carro alugado também, o que vale muito a pena pois esta estrada é muito bonita. Confira também a matéria sobre aluguel de carro em Salta, onde damos todas as dicas para você economizar muito. Na primeira parada você verá uma série de formações rochosas que assemelham-se à paisagem avermelhada do Grand Canyon, nos Estados Unidos. Ela está  a cerca de 90 km de distância do centro de Salta e para ir até lá, você utilizará a rota 68, que está entre as mais belas estradas do mundo. A Quebrada das Conchas é uma obra magnífica da natureza que formou um paredão enorme de pedra em formato de teatro que tem um acústica perfeita e é possível observar diversas formações de figuras na parede. 

Reserva Natural Quebrada das Conchas em Salta, Argentina

Antes de continuar o seu trajeto, recomendamos que você faça uma parada no Parador Posta de las Cabras. Ele está localizado na Ruta Nacional 68, no meio da estrada entre Salta e Cafayate. Neste restaurante é possível descansar em lugares agradáveis, além de comer muito bem. Recomendamos que você peça alguma das tortas caseiras ou alfajores, acompanhados de um café. 

Parador Posta de las Cabras em Salta, Argentina

Por fim, continue a estrada até Cafayate. Ela é uma cidade simpática com apenas 12 mil habitantes, localizada a 180 km de Salta. Cafayate é considerada a segunda melhor região produtora de vinho da Argentina, atrás somente de Mendoza. Ela se destaca pelo seu vinho branco, feito da uva Torrontés, apreciada em todo o mundo. Recomendamos que você visite algumas das vinícolas da cidade, como El Esteco, Nanni e Domingo Hermanos. A cidade possui uma atmosfera agradável e o seu centro está repleto de ótimos restaurantes, lojas de artesanato local e vinotecas, onde você pode comprar alguns dos vinhos produzidos na região.

Vila de Cafayate na Argentina

Use seu celular à vontade na Argentina

Poder usar seu celular em Buenos Aires, Bariloche, na Argentina e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem à Argentina nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Argentina. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro em Buenos Aires, Bariloche, Córdoba, Mendoza e qualquer outro lugar da Argentina e do mundo inteiro, caso vá para outros países na mesma viagem. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre roteiro de 3 dias em Salta quando estiver lá.

Usar o celular em Buenos Aires e Argentina

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Argentina

Agora que você já viu tudo sobre roteiro de 3 dias em Salta, uma dica legal para quem vai para a Argentina conhecer outras cidades além de Buenos Aires, é que como os pontos turísticos, cidades, parques naturais, desertos, outlets e todas as atrações ficam bem afastadas, alugar um carro é uma ótima opção. Sem falar que com um carro você pode conhecer outras cidades da Argentina que são próximas, explorar suas estradas que são lindas e as paisagens e lugares naturais pelo caminho que são incríveis. Se quiser, saiba tudo sobre o assunto aqui na matéria de Aluguel de carro na Argentina com dicas incríveis e como conseguir um preço incrível utilizando comparadores de preços excelentes.

Buenos Aires na Argentina

Não se esqueça do Seguro Viagem para a Argentina

Uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando viajar para fora do Brasil é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional. Ele é importantíssimo e ninguém deve viajar sem um para evitar problemas no exterior. O que muitas pessoas não sabem é que ele é super barato. Veja nossa matéria de Seguro Viagem Internacional para Argentina com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Veja outras matérias legais da Argentina:

O que fazer em Buenos Aires : Dicas do que fazer e conhecer na cidade. 
Como levar dinheiro para a ArgentinaMelhores formas de levar seus pesos argentinos.
Cidades turísticas da Argentina: As cidades argentinas mais famosas e visitadas.
Como achar hotéis muito baratos na Argentina: Incrível pesquisador e dicas excelentes.

Postar um comentário

 
Top